A vontade de Deus é expressa em Sua Lei

A vontade de Deus nos é exposta na lei de Deus. Ensinamos que a vontade de Deus nos é exposta na Lei de Deus: o que ele quer ou não quer que façamos, o que é bom e justo, ou o que é mau e injusto. Portanto, confessamos que a Lei é boa e santa.

A lei natural. Esta lei foi escrita nos corações dos homens pelo dedo de Deus (Rom 2.15), e é chamada a lei natural; foi também esculpida pelo dedo de Deus nas duas tábuas de Moisés e mais pormenorizadamente exposta nos livros de Moisés (Êx 20.1 ss; Deut 5.6 ss). Para maior clareza, distinguimos: a lei moral contida no Decálogo ou nas duas Tábuas e expostas nos livros de Moisés; a lei cerimonial, que determina as cerimônias e o culto de Deus; e a lei judiciária, que versa questões políticas e domésticas.

A lei é completa e perfeita. Cremos que toda a vontade de Deus e todos os preceitos necessários a cada esfera da vida são nesta lei ensinados com toda a plenitude. De outro modo o Senhor não nos teria proibido de adicionar-lhe ou de subtrair-lhe qualquer coisa; nem nos teria mandado andar num caminho reto diante desta Lei, sem dela nos declinarmos para a direita ou para a esquerda (Deut 4.2; 12.32, 5.32, cf. Num 20-17 e Deut 2.27).

Porque foi dada a lei. Ensinamos que esta Lei não foi dada aos homens para que fôssemos justificados pela sua observância, mas antes para que, pelo seu ensino, conhecêssemos nossa fraqueza, nosso pecado e condenação e, perdendo a confiança em nossas forças, nos convertêssemos a Cristo pela fé. O apóstolo diz claramente: “A Lei suscita a ira”; “pela Lei vem o pleno conhecimento do pecado” (Rom 4.15; 3.20); “porque, se fosse promulgada uma Lei que pudesse dar vida, a justiça, na verdade seria procedente da Lei; mas a Escritura encerrou tudo sob o pecado, para que mediante a fé em Jesus Cristo fosse a promessa concedida aos que crêem... De maneira que a Lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, a fim de que fôssemos justificados por fé” (Gal 3.21 ss).

A carne não cumpre a lei. Ninguém poderia ou pode satisfazer a Lei de Deus ou cumpri-la, por causa de fraqueza da nossa carne que adere e permanece em nós até nosso último suspiro. Outra vez diz o apóstolo: “O que fora impossível à Lei, no que estava enferma pela carne, isso fez Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança de carne pecaminosa e no tocante ao pecado” (Rom 8.3). Portanto, Cristo é o aperfeiçoador da Lei e o nosso cumprimento dela (Rom 10.4), o qual, com o fim de remover a maldição da Lei, foi feito maldição por nós (Gal 3.13). Assim, ele nos comunica, pela fé, o seu cumprimento da Lei, e a sua justiça e obediência nos são imputadas.

Até que ponto foi a lei ab-rogada. A Lei de Deus é, pois, ab-rogada na medida em que ela não mais nos condena, nem opera ira em nós. Estamos debaixo da graça e não debaixo da Lei. Além disso, Cristo cumpriu todas as formas da Lei. Daí, vindo o corpo, cessaram as sombras, de modo que agora em Cristo temos a verdade e toda a plenitude. Contudo, de modo nenhum rejeitamos por isso a Lei. Lembramo-nos das palavras do Senhor, que disse: “Não vim para revogar, vim para cumprir” (Mat 5.17). Sabemos que na Lei nos são ensinados os padrões de virtudes e vícios. Sabemos que a Lei escrita, quando explicado pelo Evangelho, é útil à Igreja, e que, portanto, sua leitura não deve ser excluída da Igreja. E, embora a face de Moisés estivesse recoberta com um véu, no entanto o apóstolo diz que o véu foi retirado e abolido por Cristo.

As seitas. Condenamos tudo o que os heréticos, antigos e modernos, ensinaram contra a Lei.

16 comentários:

  1. Faço minhas as palavras de John Wesley:
    “Entre os mais acérrimos inimigos do evangelho de Cristo, estão os que, aberta e explicitamente, ‘julgam a lei’ e ‘falam mal da lei’; aqueles que ensinam os homens a quebrar… não apenas um dos menores ou dos maiores mandamentos, mas todos os mandamentos de uma só vez; que ensinam, sem nenhum disfarce, em palavras como estas: ‘Que fez nosso Senhor com a lei? Ele a aboliu. Há apenas uma obrigação: a de crer…’ Isto é, na verdade, demolir enunciados com muita violência; é resistir nosso Senhor na cara e dizer-Lhe que Ele não soube dar a mensagem para a qual fora enviado. (…)
    “A mais surpreendente de todas as circunstancias, que acompanha este grande engano é que, aqueles que a ele se entregam, crêem realmente que honram a Cristo, ao Lhe destruírem a lei, e que estão magnificando o Seu serviço, ao passo que Lhe estão destruindo a doutrina! Na verdade, estes honram a Cristo exatamente como o fez Judas, quando disse: ‘Eu Te saúdo, Mestre, e O beijou.’ (…) Não é outra coisa senão traí-Lo com um beijo, falar de Seu sangue e arrancar-Lhe a coroa; considerar levianamente qualquer parte de Sua lei, sob o pretexto de fazer avançar o evangelho.” — Em “Upon Our Lord’s Sermon on the Mount”, dis. 5, “Sermons on Several Occasions” (1810), sermão nº 35, p. 81–82. Também em “Works of Wesley” (edição de 1829), vol. 5, p. 311.
    Osmar Ferreira-nadanospodemoscontraverdade@bol.com.br

    ResponderExcluir
  2. "NÃO sabeis vós, irmãos (pois que falo aos que sabem a lei), que a lei tem domínio sobre o homem por todo o tempo que vive? Porque a mulher que está sujeita ao marido, enquanto ele viver, está-lhe ligada pela lei; mas, morto o marido, está livre da lei do marido. De sorte que, vivendo o marido, será chamada adúltera se for de outro marido; mas, morto o marido, livre está da lei, e assim não será adúltera, se for de outro marido. Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus." Romanos 7:1-4. Na sua Bíblia também está assim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está declarando que você está livre da Lei de Deus podendo fornicar, adulterar ou praticar qualquer ato que os Dez Mandamentos de Êxodo 20 diz NÃO? Você está declarando que I João 3:4 não tem valor para os cristãos de hoje? Você é casado? Se for, que você acha de parte da lei de Deus que diz: não adulterarás?
      Osmar Ferreira-nadanospodemoscontraverdade@bol.com.br

      Excluir
    2. Sim, sou casado! Mas não vou adulterar. Também na Lei de Deus está dizendo: Não matarás! Claro, não vou matar, porque se eu matar vou preso! Cumprir a Lei de Deus não é se agarrar aos dez mandamentos como vc pensa! Principalmente ficar sem trabalhar no sábado dizendo que guarda os mandamentos! E o Senhor não me livrou da Lei dos Mandamentos? E qual o sentido da cruz? Outra coisa, a declaração no comentário acima não é minha, é do apóstolo Paulo. E ele foi inspirado pelo Santo Espírito. Recomendo a vc a seguinte matéria: http://pregaiboasnovas.blogspot.com.br/2010/02/entre-lei-e-graca.html

      Graça e paz!

      Excluir
  3. Na carta aos Hebreus, o autor diz em que a Lei era uma sombra das coisas que viriam um dia

    Porque tendo a lei a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas, nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem cada ano, pode aperfeiçoar os que a eles se chegam
    Hebreus 10:1

    o cordeiro que era sacrificado no Velho Testamento era uma figura do verdadeiro Cordeiro que viria, que é Jesus, o Filho de Deus

    No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.
    João 1:29

    Portanto a Lei de Moisés foi dado para o povo Hebreu, os gentios como também os próprios judeus, que viriam a ser alcançados por Deus mediante o sacrifício de Jesus na cruz estão livres do fardo da lei, a lei deles é Cristo.

    Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.
    Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus;

    Romanos 3:24-25

    Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo;
    Romanos 5:1

    Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça
    Romanos 6:14

    Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.
    Romanos 8:2

    Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei.
    Romanos 3:28

    Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada.
    Gálatas 2:16

    Ou seja em outras palavras, a lei serviu apenas como uma espécia de "babá", enquanto aquele que é perfeito não vinha,

    De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.
    Gálatas 3:24

    Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê
    Romanos 10:4



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas na biblia na parte do Novo Testamento está escrito escrito que pecado é a transgressão da Lei(I João 3:4). E, Jesus deixou claro que dirá para muitos que fizeram coisas em nome de Jesus: "Apartai-vos de mim, os que praticais iniquidade"( Mat. 7:22,23). E, iniquidade aqui no grego é ANOMIA.
      A: contra, sem- NOMOS: Lei,
      http://dicionariobiblico.blogspot.com.br/2008/02/iniquidade.html
      Há de ser ressaltado que para uma melhor compreensão desse assunto e os da Palavra de Deus, há a necessidade do Espírito Santo, mas Deus só outorga o Espírito Santo aqueles que lhe obedece conforme está na Palavra de Deus(Atos 5:32). Logo, como esperar que professos cristão que rejeita a Lei de Deus ou parte da Palavra de Deus tenha a exata compreensão da própria Palavra de Deus em certos assuntos?
      Osmar Ferreira-nadanospodemoscontraverdade@bol.com.br

      Excluir
    2. Deve ser por isso que John Wesley escreveu:“Entre os mais acérrimos inimigos do evangelho de Cristo, estão os que, aberta e explicitamente, ‘julgam a lei’ e ‘falam mal da lei’; aqueles que ensinam os homens a quebrar… não apenas um dos menores ou dos maiores mandamentos, mas todos os mandamentos de uma só vez; que ensinam, sem nenhum disfarce, em palavras como estas: ‘Que fez nosso Senhor com a lei? Ele a aboliu. Há apenas uma obrigação: a de crer…’ Isto é, na verdade, demolir enunciados com muita violência; é resistir nosso Senhor na cara e dizer-Lhe que Ele não soube dar a mensagem para a qual fora enviado. (…)
      “A mais surpreendente de todas as circunstancias, que acompanha este grande engano é que, aqueles que a ele se entregam, crêem realmente que honram a Cristo, ao Lhe destruírem a lei, e que estão magnificando o Seu serviço, ao passo que Lhe estão destruindo a doutrina! Na verdade, estes honram a Cristo exatamente como o fez Judas, quando disse: ‘Eu Te saúdo, Mestre, e O beijou.’ (…) Não é outra coisa senão traí-Lo com um beijo, falar de Seu sangue e arrancar-Lhe a coroa; considerar levianamente qualquer parte de Sua lei, sob o pretexto de fazer avançar o evangelho.” — Em “Upon Our Lord’s Sermon on the Mount”, dis. 5, “Sermons on Several Occasions” (1810), sermão nº 35, p. 81–82. Também em “Works of Wesley” (edição de 1829), vol. 5, p. 311.
      Osmar Ferreira- nadanospodemoscontraverda@bol.com.br

      Excluir
    3. Então, como você mesmo disse, em Mateus 7:22,23 ,iniquidade aqui no grego é ANOMIA. A: contra, sem- NOMOS: Lei

      Ou seja contra a lei, mas de que lei Jesus estaria falando? Da lei de Moisés da Velha aliança, ou da Lei de Cristo que é a graça, a Nova e eterna aliança?

      Observe que a lei descrita em levítico dizia que a mulher adúltera deveria ser apedrejada

      Também o homem que adulterar com a mulher de outro, havendo adulterado com a mulher do seu próximo, certamente morrerá o adúltero e a adúltera
      Levítico 20:10

      Mas em João capítulo 8 Jesus diz que aquele que não tiver pecado atire a primeira pedra

      E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela
      João 8:7

      e o próprio Cristo também não a condenou, mesmo ele que não tinha pecado e era o único que podia tacar uma pedra não fez isso

      E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais
      João 8:11

      Logo percebe-se que em Jesus, Deus aboliu a lei (a antiga aliança, sacrifício de bodes, evitar comer determinadas coisas, guardar o sábado, e todos aqueles 613 preceitos da lei) e instituiu a graça, Jesus teve que cumprir toda a lei para que assim nós não tivéssemos que a cumpri-la, apenas crer naquele que cumpriu toda a lei, é perfeito e sem pecado, ou seja crer no Filho de Deus

      A nossa lei agora é Cristo :

      Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê
      Romanos 10:4

      E mesmo que alguém queria ser salvo por guardar a lei de moisés, seria impossível ele faze-lo, pois se ele tropeçar em apenas um ponto da lei, ele pecou em todos como está escrito em Tiago.

      Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos.
      Tiago 2:10

      Nós temos que guardar apenas 2 mandamentos, que foram os 2 mandamentos que foram ditos por Jesus para que assim o guardássemos.

      E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
      Este é o primeiro e grande mandamento.
      E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
      Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.

      Mateus 22:37-40

      Ou seja, amar a Deus acima de todas as coisas e o próximo como a ti mesmo é cumprir a lei, até porque quem ama o seu próximo não vai matá-lo, não vai roubá-lo, em fim, o cumprimento da lei é amar a Deus e ao próximo, Paulo relata isso em Romanos

      A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei.
      Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
      O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor

      Romanos 13:8-10

      João também fala do amor a Deus e ao próximo

      E o seu mandamento é este: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o seu mandamento.
      E aquele que guarda os seus mandamentos nele está, e ele nele. E nisto conhecemos que ele está em nós, pelo Espírito que nos tem dado.

      1 João 3:23-24

      A Lei do cristão hoje é essa, amar a Deus acima de todas as coisas e ao seu próximo como a ti mesmo, pois como Jesus bem falou, deste 2 mandamentos dependem toda a lei e os profetas.

      Excluir
    4. Pedro, Pedro(Mat.16:22,23) a ausência do Espírito Santo(Atos 5:32) por desobediência a Palavra de Deus impede que pessoas compreenda melhor. Observe que se você, eu ou minha amada esposa cometermos adultério ou furnicação e morrermos nessa condição a pena continua sendo a morte, não mais com pedrada, mais como fogo, não mais após o flagrante, mas depois da volta de Jesus. Você escreveu: "A Lei do cristão hoje é essa, amar a Deus acima de todas as coisas e ao seu próximo como a ti mesmo, pois como Jesus bem falou, deste 2 mandamentos dependem toda a lei e os profetas", só que a ausência do Espírito Santo(Atos 5:32) por desobediência a Palavra de Deus impede que você compreenda melhor essa declaração. Então vamos aos textos sagrados: "
      E um deles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar, dizendo:
      Mestre, qual é o grande mandamento na lei? E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
      Este é o primeiro e grande mandamento.E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas (Marcos 12:28 a 34), Contudo, Jesus não estava anulando nenhum dos Dez Mandamentos, só estava dividindo a Lei em duas partes a 1ª parte, do 1º Mandamento ao 4º: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento”. A 2ª parte, do 5º ao 10º: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Vamos às provas:
      1- Jesus estava fundamentando Sua resposta nas Escrituras, ou seja, em Deut. 6:4,5-Deut. 11:13-Lev. 19:18. Logo, Ele não estava excluindo nenhum dos Dez Mandamentos.
      2- Os escribas e os doutores da lei sabiam que Jesus não estava excluindo nenhum dos Dez Mandamentos, senão teriam reclamado com Jesus e não elogiado como fizeram(versos 32).
      3- Eles também tinham o mesmo entendimento de Jesus (versos 32 e 33).
      4- Veja que Lucas demonstra Jesus perguntando para eles o que estava escrito na lei e a resposta que deram confirma que eles tinham o entendimento de que estava dividido em suas partes e que incluía o Sábado do 7º Dia, já que é incontroverso que eles guardavam o Sábado do 7º Dia (Lucas 10:25 a 28).

      Portanto, ANOMIA certamente inclui os Dez Mandamentos, não só porque quando Jesus declarou Mateus 7: 22 e 23 referindo-se ao futuro, Ele ainda não tinha morrido e ressuscitado, mas porque ele fundamentou-se nas Escrituras Sagradas e afirmou que não veio anular a Lei e também por ser nosso Exemplo, Exemplo Esse que declarou que devemos crer NELE como diz as Escrituras( João 7:38,39)
      Osmar Ferreira-nadanospodemoscontraverdade@bol.com.br

      Excluir
    5. Você se esquece que em mateus 16, o Espírito Santo ainda não havia sido derramado sobre o povo de Deus ( conforme vemos em Atos capítulo 2), como também que em Mateus 16, Pedro nem era convertido,o próprio Cristo diz isso a ele.

      Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos.

      Lucas 22:32

      O próprio Jesus diz que Pedro não era ainda convertido, tanto não era que negou Jesus 3 vezes.

      Em Atos 5:32 , Pedro ainda tem o entendimento que apenas o povo de Israel é que é merecedor da benção e da salvação, pois no versículo anterior ao que citaste ele fala que os judeus tem que se arrepender para serem salvos

      Deus com a sua destra o elevou a Príncipe e Salvador, para dar a Israel o arrependimento e a remissão dos pecados.
      E nós somos testemunhas acerca destas palavras, nós e também o Espírito Santo, que Deus deu àqueles que lhe obedecem.

      Apenas em Atos capítulo 10, é que o Deus começa a mudar o pensamento de Pedro, conforme ele relata

      E disse-lhes: Vós bem sabeis que não é lícito a um homem judeu ajuntar-se ou chegar-se a estrangeiros; mas Deus mostrou-me que a nenhum homem chame comum ou imundo
      Atos 10:28

      Mas nos versículos 34 e 35 Pedro reconhece que a salvação de Deus por meio de Cristo se estendeu a todos os povos, nações e que Deus não faz acepção de pessoas,

      E, abrindo Pedro a boca, disse: Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas;
      Mas que lhe é agradável aquele que, em qualquer nação, o teme e faz o que é justo. Atos 10:34-35

      A salvação depois da Cruz se estendeu a todos, conforme nos é dito no Evangelho de João.

      Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
      João 3:16

      Com relação aos seus pecados, ou os da sua esposa, como também os meus pecados, quando nós tomamos a decisão de crer em Jesus Cristo como nosso único e suficiente Salvador, todos os nossos pecados foram pagos na cruz por ele, não apenas os que nós cometemos antes de sermos convertidos, como aqueles que infelizmente cometeremos depois de termos sido convertidos, pois todos os nosso pecados são futuros, já que quando Jesus morreu na cruz, tanto você, como sua esposa e como eu não éramos nem nascidos, portanto Jesus pagou todos os nossos pecados, passados, presentes e futuros.

      Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Romanos 8:1

      Mas Numa coisa eu concordo com você, Jesus não estava excluindo os 10 mandamentos em Marcos 12, mas os 10 mandamentos estão TODOS eles incluídos nos 2 mandamentos que Jesus nos deu, que é amar a Deus acima de todas as coisas, e amar ao próximo como a si mesmo, a única exceção seria o mandamento da guarda do 7º dia, o sábado, pois Jesus revogou este mandamento,( conforme vemos em Mateus 12:8 ; Marcos 2:27-28; Lucas 6:1-5 ), e Paulo também exclui esse mandamento de sua lista, conforme relata em Romanos capítulo 13 :

      A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei.
      Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
      O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor. Romanos 13:8-10

      Vemos claramente que Paulo cita, para não matar, não roubar, não adulterar, não cobiçar, não mentir, mas em momento algum Paulo fala para guardar o sábado.

      Quando ao fato de nenhum dos escribas e fariseus ou mesmos sacerdotes terem discordado da resposta de Jesus não quer dizer nada, pois foram justamente os sacerdotes e os fariseus que gritaram como também incitaram o povo a gritar para o Cristo fosse crucificado

      Mas eles instavam com grandes gritos, pedindo que fosse crucificado. E os seus gritos, e os dos principais dos sacerdotes, redobravam
      Lucas 23:23

      Excluir
    6. Pedro, Pedro(Mat.16:22,23), o fato de o apostolo Pedro também não estar convertido em Mat. 16, não anula a declaração que Jesus fará naquele dia(volta), contra aquele que praticaram a ANOMIA, ANOMIA ESSA QUE INCLUI OS DEZ MANDAMENTOS.
      Pedro, Pedro(Mat.16:22,23), o fato de o Espírito Santo em Mat. 16, não estava pessoalmente conforme era a promessa (João 14:16,17,18,26, João 16:7 a 13 e Atos 1:4)em Atos 2, mas apenas o Seu poder que conduzia as pessoas a Cristo ou se você preferir, conforme em Num. 11:25-I Samuel 19:20- Neemias 9:20,30 e em João 20:22, ou seja, o fato de que em “mateus 16, o Espírito Santo ainda não havia sido derramado” Pessoalmente(João 16: 7 a 13), não anula a declaração que Jesus fará naquele dia(volta), contra aquele que praticaram a ANOMIA, ANOMIA ESSA QUE INCLUI OS DEZ MANDAMENTOS, já que quando Jesus declarou Mateus 7: 22 e 23 referindo-se ao futuro, Ele ainda não tinha morrido e ressuscitado, mas porque ele fundamentou-se nas Escrituras Sagradas e afirmou que não veio anular a Lei e também por ser nosso Exemplo, Exemplo Esse que declarou que devemos crer NELE como diz as Escrituras( João 7:38,39). Bem como o desconhecimento ou a não aceitação por Pedro de que a Salvação era pra todo que em Jesus crer(João 3:15,16), não anula a declaração que Jesus fará naquele dia(volta), contra aquele que praticaram a ANOMIA, ANOMIA ESSA QUE INCLUI OS DEZ MANDAMENTOS.
      Veja ainda que a sua declaração de que: “A salvação depois da Cruz se estendeu a todos”, confirma a ausência do Espírito Santo(Atos 5:32) em você ou no mínimo o seu desconhecimento da Palavra de Deus ou parte DELA, já que a Salvação sempre foi ofertada para todos (Lev. 19:34-I Reis 8:38 a 43-9:3- Isaías 56:1 a 8- Gen. 12:3-18:18.
      Quanto aos nossos pecados, embora pagos por Jesus, só serão perdoados, se reconhecidos e confessados por nós. Contudo, se depois de perdoados, transgredimos, pecamos e morrermos nessa condição, ou seja, sem reconhecermos e confessarmos o novo pecado, conforme nos alerta a Palavra de Deus ( “ser fiel até a morte”), e em Tiago 4:17, I João 1: 10, 2:1 ,3:4, I Timóteo 4:1, Êxodo 32: 33 e Apoc. 20:15 a pena será a morte, veja Ezequiel 18:24-Lucas 9:62- Lucas 11: 24,25,26-Hebreus 10:38-II Pedro 2;20,21,22-Apocalipse 21:8. Como se vê, a condenação é para quem anda segundo o Espírito e não segundo a carne, como você apontou em Rom. 8:1, só como você não tem o Espírito Santo, desconhece ou pior, ignora o fato de que a Lei dos Dez Mandamentos não é pecado, santa, justo e bom, mas também é espiritual e não carnal (Rom. 7:7,12,14). Portanto, rejeitar ou falar contra a Lei que é carnal e como declarou John Wesley: “Entre os mais acérrimos inimigos do evangelho de Cristo, estão os que, aberta e explicitamente, ‘julgam a lei’ e ‘falam mal da lei’;”... (…)
      Osmar Ferreira- nadanospodemoscontraverda@bol.com.br

      Excluir
    7. A lei de Moisés foi dada apenas aos Judeus, ou você acha que Deus também deu as tábuas dos 10 mandamentos para os Egípcios? Ou para os babilônicos e os persas?

      Portanto quanto eu digo que depois da cruz a salvação se estendeu a todos é porque depois da Cruz, Deus fez questão de espalhar a mensagem de salvação, já que antes apenas o povo de Israel tinha a lei, sabia como ofertar o culto a Deus, e apenas os profetas de Deus que eram do povo de Israel tinham o Espírito Santo.

      Aliás o próprio Cristo diz que ele veio para salvar as ovelhas da casa perdida de Israel.

      Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos;
      Mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel;
      Mateus 10:5-6

      Em outro momento Jesus também fala da mesma maneira

      E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.
      Mateus 15:24

      Agora depois da cruz a mensagem deve ser divulgada a todas as nações, conforme a palavra nos relata em Mateus, Marcos :

      Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo
      Mateus 28:19

      E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
      Marcos 16:15

      Em Mateus capítulo 22, Jesus deixa bem claro que toda a lei de Moisés se resume em apenas 2 mandamentos, que é amar a Deus acima de todas as coisas e amar ao próximo como a si mesmo.

      E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
      Este é o primeiro e grande mandamento.
      E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
      Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.

      Mateus 22:37-40

      Paulo também diz que o fim da lei é Cristo

      Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê
      Romanos 10:4

      E aquele que se diz espiritual deve cumprir o que ele fala, conforme ele relata em Coríntios

      Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor.
      1 Coríntios 14:37

      Excluir
    8. Quanto ao perdão dos pecados, a Bíblia é bem clara ao dizer que aquele que crê em Cristo, foi perdoado de TODOS os seus pecados, e não tem a menor possibilidade de se perder, já que uma o próprio Jesus garante as suas ovelhas que elas tem a vida eterna e mesmo Jesus diz que jamais as deixará perecer.

      As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;
      E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.
      Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai.

      João 10:27-29

      Quem crê em Cristo não entrará em condenação:

      Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.
      João 5:24

      Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
      João 3:16

      Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.
      João 3:18

      Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.
      Romanos 5:9

      Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.

      Romanos 8:29

      e Nada pode separar um cristão do amor de Deus que está em Cristo Jesus :

      Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
      Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.

      Romanos 8:38-39

      Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo;
      Filipenses 1:6

      Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória
      Judas 1:24

      E Aquele que crê em Jesus de maneira nenhuma terá seu nome riscado do livro da vida :

      O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos
      Apocalipse 3:5

      e todo aquele que crê em Cristo venceu o mundo, conforme nos relata a Epístola do apóstolo João:

      Quem é que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?
      1 João 5:5

      Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.
      Apocalipse 21:7



      Excluir
    9. Você declarou: “Quanto ao perdão dos pecados, a Bíblia é bem clara ao dizer que aquele que crê em Cristo, foi perdoado de TODOS os seus pecados, e não tem a menor possibilidade de se perder, já que uma o próprio Jesus garante as suas ovelhas que elas tem a vida eterna e mesmo Jesus diz que jamais as deixará perecer”. Contudo, tal declaração não é nada mais daquela que saiu da boca do diabo, que declara que uma vez que a pessoa aceita Jesus como seu salvador, independente do que ela faz, estará salvo para sempre. Só que a Palavra de Deus declara que quem pecar terá seu nome tirado do Livro da Vida (Êxodo 32:33). E o Novo Testamento confirma não só Êxodo, mas também Ezequiel 18:24, veja:: Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro.
      Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado;
      Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama.
      (2 Pedro 2:20-22). Portanto, seus argumentos estão fora do contexto, ou seja, você está usando a biblia da mesma forma do Satanás usou como Eva e com Jesus(Gen. 3:1 a 5 e Mateus 4:6).E, mais uma vez:
      Veja ainda que a sua declaração de que: “A salvação depois da Cruz se estendeu a todos”, confirma a ausência do Espírito Santo(Atos 5:32) em você ou no mínimo o seu desconhecimento da Palavra de Deus ou parte DELA, já que a Salvação sempre foi ofertada para todos (Lev. 19:34-I Reis 8:38 a 43-9:3- Isaías 56:1 a 8- Gen. 12:3-18:18.
      Quanto aos nossos pecados, embora pagos por Jesus, só serão perdoados, se reconhecidos e confessados por nós. Contudo, se depois de perdoados, transgredimos, pecamos e morrermos nessa condição, ou seja, sem reconhecermos e confessarmos o novo pecado, conforme nos alerta a Palavra de Deus ( “ser fiel até a morte”), e em Tiago 4:17, I João 1: 10, 2:1 ,3:4, I Timóteo 4:1, Êxodo 32: 33 e Apoc. 20:15 a pena será a morte, veja Ezequiel 18:24-Lucas 9:62- Lucas 11: 24,25,26-Hebreus 10:38-II Pedro 2;20,21,22-Apocalipse 21:8. Como se vê, a condenação é para quem anda segundo o Espírito e não segundo a carne, como você apontou em Rom. 8:1, só como você não tem o Espírito Santo, desconhece ou pior, ignora o fato de que a Lei dos Dez Mandamentos não é pecado, santa, justo e bom, mas também é espiritual e não carnal (Rom. 7:7,12,14). Portanto, rejeitar ou falar contra a Lei que é carnal e como declarou John Wesley: “Entre os mais acérrimos inimigos do evangelho de Cristo, estão os que, aberta e explicitamente, ‘julgam a lei’ e ‘falam mal da lei’;”... (…)
      Osmar Ferreira- nadanospodemoscontraverda@bol.com.br

      Excluir
  4. nadapodemoscontraamentira15 de julho de 2013 06:25

    Quando alguém escolhe ser conhecido pelo pseudônimo de "nadanospodemoscontraverdade", não é necessário trocar 5 palavras de "diálogo" para perceber que a única verdade é a dele, obviamente!

    ResponderExcluir
  5. Sim, concordo que a Bíblia diz que quem pecar terá seu nome riscado do livro conforme relata Exôdo 32:33, mas a mesma Bíblia também diz que Jesus é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, conforme nos relata em João 1:29

    E o texto de 32:33 fala de um livro, mas nem se refere a que livro seja este, e você já saiu afirmando que era o livro da vida, quando o texto nem diz isso, mas em fim.

    O outro texto que você citou em (2 Pedro 2:20-22)fala da porca lavada que voltou ao espojadouro de lama, Pedro não diz ovelha lavada e sim porca, portanto essa sua comparação não procede.

    As declarações sobre em Levíticos, dizem respeito ao amor de Deus, que naquela época era restrito ao povo judeu, se alguém quisesse adorar a Deus deveria adorar a Deus segundo a lei que o próprio Senhor deu a Moisés, lei esta que só fora dada ao povo judeu.

    Sobre julgamentos é bom você ler o sermão da montanha.

    Não julgueis, para que não sejais julgados.
    Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós

    Mateus 7:1-2



    ResponderExcluir

"Se amássemos mais a glória de Deus, se nos importássemos mais com o bem eterno das almas dos homens, não nos recusaríamos a nos engajar em uma controvérsia necessária, quando a verdade do evangelho estivesse em jogo. A ordenança apostólica é clara. Devemos “manter a verdade em amor", não sendo nem desleais no nosso amor, nem sem amor na nossa verdade, mas mantendo os dois em equilíbrio (...) A atividade apropriada aos cristãos professos que discordam uns dos outros não é a de ignorar, nem de esconder, nem mesmo minimizar suas diferenças, mas discuti-las." John Stott

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.