"Deus é amor" e a eleição

Se a eleição é verdade, então como Deus pode chamar a Si mesmo de amor quando a maioria de Sua criação será separada dEle por toda eternidade?

A primeira coisa a se fazer quando lidar com essa pergunta é entender os conceitos de maneira correta desde o começo; Quando a maioria das pessoas ouve a frase “Deus é amor”, elas pensam que significa “Deus me ama”. Na realidade, esta é uma declaração que está fundamentada na ontologia (a natureza) do próprio caráter de Deus. Se Deus é amor, então Ele sempre tem sido eternamente amor; e esse amor não pode ser meramente atribuído à existência de seres humanos. De outra forma, João teria baseado na humanidade o conceito do amor de Deus. Pelo contrário, o Apóstolo João diz: “Deus é amor”. Deus ama a Si mesmo, e ele sempre amou a Si mesmo. Todas as suas ações refletem um amor e um compromisso com Seu próprio nome, sua própria glória, sua própria fama, etc. Isso se relaciona à doutrina da divina simplicidade, em que mesmo a ira de Deus é amor, porque ela não inclui concessões quanto a Ele. Quando Deus está irado, ele está preservando e amando Seu próprio nome, Sua própria glória, ao punir aqueles que a desrespeitam.


Adam Parker

In: "Deus é amor" e a eleição

18 comentários:

  1. abaixo as teorias calvinistas30 de dezembro de 2010 13:13

    e verdade Deus e amor! abaixo as teorias calvinistas!!!!!!!!!!!!,por isso que salvar todos

    ResponderExcluir
  2. Clóvis,

    Duas metas pessoais minhas pra você em 2011.

    1) Retomar o debate de pedobatismo com você, que parei na mesma época que parei as respostas pro Leandro Quadros (acho que estou te devendo). Mas essa é a menos importante de todas;

    2) Convencer você a parar de deixar anônimos publicarem. Essa, pra mim, é a mais importante de todas. Quem não assume o rosto, faz como o tal "contra as teorias": nem lê o post e faz um comentário nada a ver.

    Se eu não conseguir a meta 1, nem me importo. Mas a meta 2 eu vou me empenhar, rs.

    Graça e paz do Senhor,

    Helder Nozima
    Barro nas mãos do Oleiro

    ResponderExcluir
  3. Clovis

    Vamos ver o que as escrituras dizem e tirem suas conclusões.

    Gen 26:24 - E apareceu-lhe o Senhor naquela mesma noite, e disse: Eu sou o Deus de Abraão teu pai; não temas, porque eu sou contigo, e abençoar-te-ei, e multiplicarei a tua descendência por amor de Abraão meu servo.

    Lev 26:45 - Antes por amor deles me lembrarei da aliança com os seus antepassados, que tirei da terra do Egito perante os olhos dos gentios, para lhes ser por Deus. Eu sou o Senhor.

    1Re 15:4 - Mas por amor de Davi o Senhor seu Deus lhe deu uma lâmpada em Jerusalém, levantando a seu filho depois dele, e confirmando a Jerusalém.

    Rom 5:5 - E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

    Rom 5:8 - Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

    1Jo 4:16 - E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.

    Efe 2:4 - Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou,

    Efe 5:2 - E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.

    1Jo 3:1 - VEDE quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele.

    1Jo 4:7 - Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.

    1Jo 4:9 - Nisto se manifesta o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos.

    1Jo 4:10 - Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados.

    ResponderExcluir
  4. eu apoio essa pessoas que defende que e contra teorias calvinistas,ela esta certa,helder nozima se converta saia do calvinismo.

    ResponderExcluir
  5. Clovis

    Vamos ver o que as escrituras dizem e tire suas conclusões.

    Gen 26:24 - E apareceu-lhe o Senhor naquela mesma noite, e disse: Eu sou o Deus de Abraão teu pai; não temas, porque eu sou contigo, e abençoar-te-ei, e multiplicarei a tua descendência por amor de Abraão meu servo.

    Lev 26:45 - Antes por amor deles me lembrarei da aliança com os seus antepassados, que tirei da terra do Egito perante os olhos dos gentios, para lhes ser por Deus. Eu sou o Senhor.

    1Re 15:4 - Mas por amor de Davi o Senhor seu Deus lhe deu uma lâmpada em Jerusalém, levantando a seu filho depois dele, e confirmando a Jerusalém.

    Rom 5:5 - E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

    Rom 5:8 - Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

    1Jo 4:16 - E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.

    Efe 2:4 - Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou,

    Efe 5:2 - E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.

    1Jo 3:1 - VEDE quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele.

    1Jo 4:7 - Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.

    1Jo 4:9 - Nisto se manifesta o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos.

    1Jo 4:10 - Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados.

    ResponderExcluir
  6. Helder parece que o anonimo quer que vocẽ se converta ao anonimato!!!! rsrsrs

    ResponderExcluir
  7. Ednaldo,

    Anônimo não...covarde. Se bem que com esse nível de argumentação do anônimo desse post, é perfeitamente compreensível pq ele se esconde no anonimato...pra diminuir a vergonha.

    Graça e paz do Senhor,

    Helder Nozima
    Barro nas mãos do Oleiro

    ResponderExcluir
  8. Helder,

    Quanto às suas metas.

    A de número 1, para te incentivar, postarei um artigo 95% pronto sobre Cl 2:11-13. Vai ser um bom ponto de partida para um recomeço.

    Quanto a 2, estou lutando contra meu "ideal democrático". Mas não acho que será muito difícil me convencer.

    Em cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  9. helder eu não sou covarde,eu disse para vc se converter e por que o calvinismo hoje e sem credito,vocês defende algo que não tem logica.e clovis desejo um feliz ano novo,e que seu bog seja sempre assim democratico

    ResponderExcluir
  10. Parabens pelo post Clóvis. Muito real e verdadeiro.

    Alías, tão real e verdadeiro acerca de Deus que essa verdade "que Deus se ama" é dificil de engolir (pra dizer a ver, impossível) para o não-cristão. Para este, o homem é o centro de tudo e a "razão" de tudo existir. Puro egoísmo e idolatria...

    "Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém."

    ResponderExcluir
  11. Clóvis, concordo com o irmão Nozima, essa desses anônimos entrarem, falarem sem noção alguma, irrita mesmo a inteligência...

    mas quando não é aquele do 'pregue boas novas' é um adventista, sempre são eles...

    ResponderExcluir
  12. irmão Clóvis, postei todo seu estudo sobre arianismo e adventismo no MCA.
    obrigadão...

    ResponderExcluir
  13. Neto, vc anda meio sumido... te pedi as refutações que vc disse que escreveria sobre 'os textos provas do livre arbítrio do Leandro'... nem me lembro se vc tem, ou se iria escrever...

    blogapologetico@gmail.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Luciano!

    Sim, estou meio longe do pc esses ultimos dias.
    "Trabalho + Reflexões + Pc de casa sendo utilizado pelo meu irmão + algumas coisinhas" me distanciaram (um pouco e temporariamente) da net.

    Entregarei o texto, se Deus quiser, agora em Janeiro. Me manda um e-mail, se quiser me ajudar com algumas considerações suas: "franciscorsneto@gmail.com"

    Abração, Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  15. Clóvis,

    O texto dos comentários continua branco...com o fundo branco não tá dando pra ler. :-(

    Graça e paz do Senhor,

    Helder Nozima
    Barro nas mãos do Oleiro

    ResponderExcluir
  16. Helder,

    "Estamos trabalhando para seu melhor conforto. Desculpe os transtornos".

    Estou fazendo os ajustes agora.

    Clóvis

    ResponderExcluir
  17. Clóvis,

    "Por acaso", nestes dias eu estava lendo Ezequiel 20. E fiquei surpreso ao ver o quanto este capítulo me lembrou esse seu post.

    Por falar nisso, foi a leitura de outros trechos de Ezequiel que me deram um "tapa na cara", ao perceber que Deus sempre age para glorificar ao Seu próprio Nome. Até aquele momento, eu vivia um evangelho onde o centro era o homem, e não a Glória de Deus.

    Vou colocar aqui alguns trechos de Ezequiel 20 (8,9,13,14,21,22). Deus está falando sobre a Sua Graça em sempre salvar esse povo rebelde, e a constante recusa deste em andar com Deus:

    "Mas rebelaram-se contra mim, e não me quiseram ouvir; ninguém lançava de si as abominações dos seus olhos, nem deixava os ídolos do Egito; então eu disse que derramaria sobre eles o meu furor, para cumprir a minha ira contra eles no meio da terra do Egito.

    O que fiz, porém, foi por amor do meu nome, para que não fosse profanado diante dos olhos dos gentios, no meio dos quais estavam, a cujos olhos eu me dei a conhecer a eles, para os tirar da terra do Egito.

    Mas a casa de Israel se rebelou contra mim no deserto, não andando nos meus estatutos, e rejeitando os meus juízos, os quais, cumprindo-os, o homem viverá por eles; e profanaram grandemente os meus sábados; e eu disse que derramaria sobre eles o meu furor no deserto, para os consumir.

    O que fiz, porém, foi por amor do meu nome, para que não fosse profanado diante dos olhos dos gentios perante a vista dos quais os fiz sair.

    Mas também os filhos se rebelaram contra mim, e não andaram nos meus estatutos, nem guardaram os meus juízos para os fazer, os quais, cumprindo-os, o homem viverá por eles; eles profanaram os meus sábados; por isso eu disse que derramaria sobre eles o meu furor, para cumprir contra eles a minha ira no deserto.

    Mas contive a minha mão, e o fiz por amor do meu nome, para que não fosse profanado perante os olhos dos gentios, à vista dos quais os fiz sair.
    "

    ResponderExcluir
  18. Neto,

    Se Deus tem tal amor e zelo pelo Seu nome, porque os crentes não tributam ao Nome tudo o que recebem, especialmente a salvação?

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir

"Se amássemos mais a glória de Deus, se nos importássemos mais com o bem eterno das almas dos homens, não nos recusaríamos a nos engajar em uma controvérsia necessária, quando a verdade do evangelho estivesse em jogo. A ordenança apostólica é clara. Devemos “manter a verdade em amor", não sendo nem desleais no nosso amor, nem sem amor na nossa verdade, mas mantendo os dois em equilíbrio (...) A atividade apropriada aos cristãos professos que discordam uns dos outros não é a de ignorar, nem de esconder, nem mesmo minimizar suas diferenças, mas discuti-las." John Stott

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.