Nada meu, tudo dEle

“Ninguém possui coisa alguma, em seus próprios recursos, que o faça superior; portanto, quem quer que se ponha num nível mais elevado não passa de imbecil e impertinente. A genuína base da humildade cristã consiste, de um lado, em não ser presumido, porque sabemos que nada possuímos de bom em nós mesmos; e, de outro, se Deus implantou algum bem em nós, que o mesmo seja, por esta razão, totalmente debitado à conta da divina Graça”.

João Calvino, Exposição de 1 Corintios (1 Co 4.7), pp. 134,135

7 comentários:

  1. Feliz 2009, Clóvis.

    Que o Deus de toda Graça te abençoe neste ano que se inicia.

    Em Cristo,

    Ednaldo.

    ResponderExcluir
  2. Ednaldo,

    Obrigado pelos votos. Espero poder contar com suas visitas e comentários em 2009.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  3. Amados,
    Que ao encontrarmos o ano de 2009 possamos receber a boa graça de Deus com um espírito humilde e o coração em chamas para irmos de encontro aos eleitos que ainda não foram alcançados.

    Soli Deo Gloria!!

    Os cinco Solas

    Lourival Nascimento

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Irmão, estou há menos de um mês nessa vida de "blogueira" mas já feliz em ter encontrado blogs tão precisosos e edificantes como o seu!

    Venho lhe desejar um FELIZ 2009 e que Deus venha a cumprir os desejos do seu coração, de acordo com a vontade Dele!

    Tenha um 2009 abençoado!

    Rocelma Reis
    tempodejabuticaba.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. "Através da encarnação de Jesus Cristo; mediante Sua morte na cruz e Sua ressurreição, temos a possibilidade de invocar Aquele que está acima de tudo e de todos. Para toda área de nossas vidas, para toda dor, para toda angústia e para todo pecado Ele é o verdadeiro e único Senhor e Salvador."

    Jubilemos esta dádiva p/ sempre.Amém!

    Feliz 2009!!!
    Eduardo Neves.

    ResponderExcluir
  7. Agradeço todos os comentários feitos! No entanto, rs, vou ficar a lhe dever todas as honrarias que me deste, por falta de vocábulos que possam expressar aquilo que poderia ser dito, uma vez que as usou e empregou com maestria. Se eu a fizesse, neste momento, seria apenas um plágio muito mal trabalhado, mas com o que resta teço um pequeno comentário.

    Sinto que suas palavras expressariam o que gostaria de dizer mas posso complementar suas palavras com estas:

    Seu blog é motivo de benção no mundo cristão, assim como grande parte daqueles que tenho tomado conhecimento, pois chegamos as postagens com nossos próprios pensamentos e idiossincrasias, as lemos, comentamos, trocamos idéias, e retornamos para nossos blogs, nossas vidas, nosso cotidiano, não com o mesmo pensamento, nem no entanto com o outro que não levasse em consideração o primeiro posicionamento, mas com algo completamente novo fruto da consciência de duas mentes em funcionamento constante...
    "Se dois homens vêm andando por uma estrada, cada um com um pão, e, ao se encontrarem, trocarem os pães, cada um vai embora com um.
    Se dois homens vêm andando por uma estrada, cada um com uma idéia, e, ao se encontrarem, trocarem as idéias, cada um vai embora com duas".

    No mais, grato pelos comentário e pelas postagens que tive a oportunidade de ler. E se Deus permitir, estaremos em 2009 nesta caminhada rumo a Cristo...

    Paz seja convosco!

    ResponderExcluir

"Se amássemos mais a glória de Deus, se nos importássemos mais com o bem eterno das almas dos homens, não nos recusaríamos a nos engajar em uma controvérsia necessária, quando a verdade do evangelho estivesse em jogo. A ordenança apostólica é clara. Devemos “manter a verdade em amor", não sendo nem desleais no nosso amor, nem sem amor na nossa verdade, mas mantendo os dois em equilíbrio (...) A atividade apropriada aos cristãos professos que discordam uns dos outros não é a de ignorar, nem de esconder, nem mesmo minimizar suas diferenças, mas discuti-las." John Stott

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.