Graça na Etiópia



Video chupado de: Graça Soberana

6 comentários:

  1. Vendo este Video, Eu observo como nos Crentes Somos Mediocres, Se o Nosso Objetivo Fosse Ganhar o Mundo a Forca,( Especialmente a Africa)Nao Seria o Que é!!!
    Estamos Mais Interessados em Quem Prega Mais, Sabe Mais, Tem Mais Titulos etc..
    Se a Igreja( muitos acham que igreja e templo) hoje Tivesse Este Objetivo Nao Teriamos Muitos e Muitos Templos, Porque Temos Tantos Templos??
    Porque Fazemos Igrejas Para Viver Delas e Embeleza - las!!
    O Ide, Hoje Signica, Fique e Faca Riquezas! Amem..
    Obs: Nao Estou Generalizando, Temos os Remanescentes!

    ResponderExcluir
  2. Ricardo,

    Não sei se você tem a mesma impressão que eu. Mas sempre que me deparo com o evangelho sendo pregado ou vivido de fato, sinto-me envergonhado de mim, de minhas palavras, de minhas obras...

    E o pior, é que temos tantas desculpas para apresentar... todas esfarrapadas, diga-se.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  3. Essa foi forte Clóvis, porque me sinto da mesma forma.

    ResponderExcluir
  4. O cristianismo, se for falso, não tem valor; se for verdadeiro, tem valor infinito. A única coisa que lhe é impossível é ser "mais ou menos" importante.
    C. S. Lewis

    ResponderExcluir
  5. Ricardo,

    Lewis está certo. O problema não é o cristianismo em si, somos nós que quase sempre estamos aquém do que deveríamos e até poderíamos ser.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir

"Se amássemos mais a glória de Deus, se nos importássemos mais com o bem eterno das almas dos homens, não nos recusaríamos a nos engajar em uma controvérsia necessária, quando a verdade do evangelho estivesse em jogo. A ordenança apostólica é clara. Devemos “manter a verdade em amor", não sendo nem desleais no nosso amor, nem sem amor na nossa verdade, mas mantendo os dois em equilíbrio (...) A atividade apropriada aos cristãos professos que discordam uns dos outros não é a de ignorar, nem de esconder, nem mesmo minimizar suas diferenças, mas discuti-las." John Stott

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.