Silas Malafaia e a teologia da prosperidade

O conhecido pregador Silas Malafaia, ao oferecer a Bíblia de estudo de Batalha Espiritual e Vitória Financeira, chega ao ponto de chamar de trouxa aqueles que ofertam apenas por amor, sem esperar com isso colher prosperidade financeira. Quanto aos que discordam dele neste ponto ele rotula de hipócritas. Veja o vídeo do pastor Malafaia:



Numa resposta lúcida e tranquila, o professor Leandro Villela aponta os erros do Pr. Malafia e esclarece o assunto à luz da Bíblia. Veja o vídeo:


18 comentários:

  1. POR UM LADO FICO CHATEADO POR ESTA DOUTRINA ESTAR NO MEIO EVANGELICO,POR OUTRO CONFORTADO POIS TEM QUE CUMPRIR-SE TUDO O QUE O SENHOR FALOU E QUE SUAS PALAVRAS NÃO PASSARIAM .LAMENTO A FALTA DE SENSO CRITICO DE VARIOS CRENTES AO CONCORDAREM COM TUDO QUE E DITO EM CIMA DO PULPITO OU NOUTRO LUGAR,POIS SE RECEBEMOS A UNÇÃO DO SANTO TEMOS QUE ANALISAR TUDO A LUZ DA SANTA PALAVRA DE DEUS.

    ResponderExcluir
  2. assistam este vídeo e veja toda a verdade :

    http://br.youtube.com/watch?v=Wp31RWiJopk

    ResponderExcluir
  3. Bem, em primeiro lugar,gostaria de dizer que não tenho nenhum vinculo de amizade com o Pr.Silas M.,e vo ser direto no que tenho a dizer.O Pr. Silas,esta vendendo algo q para ele teve um custo,na fabricação ou revenda seja como for,e ainda que estivesse vendendo o encinamento de Deus como vcs disseram,então não se poderia vender nenhuma Biblia,nem mesma a Biblia Católica.Só ela tem este encino porque ela contem comentarios e estudos,escritos por outros pastores,portanto só ela poderia ter.Jesus não era póbre!Póbre é quem passa necessidade e Jesus, nunca passou nessecidade pelo contrario,com 3 pães e 2 peixes alimentou uma multidão,da boca de um peixe tirou dinheiro para pagar tributo.Os dissipulos os dissipulos se reuniam,em lugares escondidos,por causa da perceguição ,daqueles dias e não por serem póbres.Realmente todos querem dinheiro,e tbm saúde,amor,perdão,etc...pois o dinheiro hj é uma nessecidade.Quanto a Abraão,a interpretação do senhor,é negativa por falta de conhecimento Biblico,na verdade,Deus abençoou Abraão,com riquezas,por ter obedecido o seu chamado.PORTANTO SUAS PALAVRAS NÃO TEM FUNDAMENTO ALGUM,MAS ENTENDO PORQ O Sr.NÃO TEM CONHECIMENTO BIBLICO,POR ISSO NÃO O CRITICO ,AO CONTRARIO ESTAREI ORANDO PELO Sr.Quanto as demais coisas ditas pelo senhor não vejo nessecidade,de comentar,é uma pena q ainda tenha evangélicos cégos,que não defendem o verdadeiro encinamento Biblico e q conconrdam com o Sr.Bom se é q foram evangélicos mesmo q comentaram.

    ResponderExcluir
  4. Ja vi que meu comentario nunca sera apovado por vcs. Ass.Anônimo.

    ResponderExcluir
  5. Caro Anônimo,

    Como pode ver, seu comentário foi postado. Apesar que se não fosse não haveria o que se contestar, pois no Brasil é assegurada a liberdade de expressão mas vedado o anonimato para que tal direito seja exercido plenamente.

    Quanto ao Pr. Silas, eu também não o conheço pessoalmente e até onde eu sei não tenho nada que o desabone como pessoa. O que outros dizem a respeito dele é por conta deles e me atenho aqui ao que o próprio Pr. Malafaia disse. Não pretendo atacá-lo e o irmão não precisa defendê-lo.

    Como comerciante, o Pr. Silas Malafaia pode vender Bíblias e dali auferir os lucros que forem lícitos. Não se questiona a atividade comercial dele, mas as suas declarações como pastor, especialmente pelas quais ele rotula de "trouxas" os que contribuem por amor e gratidão a Deus e não para obter vantagens materiais. Isso é tolerável num comericante que queira tão somente lucros de qualquer modo, mas é inaceitável num pastor que orienta seu rebanho a caminho do céu.

    Agora, quanto a Jesus não ser pobre, recomendo que releia os textos sagrados sem as notas de Bíblias da prosperidade e outras tais, e descobrirá que Jesus nasceu numa manjedoura, seus pais ofereceram uma oferta de pobre na sua apresentação no templo (um casal de pombas), ele declarou que não tinha uma pedra para reclinar a cabeça e nesse sentido era mais pobre que animais e aves e só esteve com ricos na sua sepultura, emprestada, diga-se. A providência de Deus não prova a Sua riqueza material terrena, mas a Sua dependência da assistência divina, da qual devemos depender quotidianamente.

    O irmão acerta em avaliar meu conhecimento bíblico como precário, quase inexistente. Mas é o bastante para não cair na cantilena de marcadores da Palavra de Deus e para viver cada dia satisfeito com o que Deus provê para minhas necessidades e agradecido pelas privações pelas quais Ele me guia, assim moldando meu caráter ao de Seu Filho.

    Quanto a ser cego... bem, o pior cego é o que não quer ouvir :-)

    Bom se é q foram evangélicos mesmo q comentaram.

    ResponderExcluir
  6. o pastor Silas começou bem e agora não é nem o arremedo do q já foi um dia.Deixou se levar pelas loucuras gospel de prosperidades e heresias mais e agora está aí,gritando até ficar rouco ,pulando e fazendo a maior lambança com a palavra.
    Clóvis,parabéns pelo seu blog ,o conheci através do púlpito cristão do Leo o qual sou frequentadora assídua e observo aqui o mesmo fenômeno de lá,os anônimos são os mais exaltados ,com parcos conhecimentos bíblicos,portadores de argumentos pífios e ortografia idem.
    quanto ao anônimo q postou suas pseudo argumentações acima,só nos resta lamentar e orar por saber q ele representa a opinião de uma esmagadora maioria.
    Deus o abençoe Clóvis,nesta empreitada.
    Aracy.

    ResponderExcluir
  7. Aracy,

    Desculpe pela demora da resposta. Não sou o que se pode chamar de organizado :-(

    Mas ainda é tempo de agradecer pelas palavras de incentivo.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  8. Olá Clovis,


    Concordo com vc!


    Como cristão fiquei muito triste com tudo isso. Lembro quando conheci o evangelho com 16 anos de idade e sonhava em fazer missões, com 23 anos comecei o Bacharel e Teologia, estuda de segunda a sexta e me dedicava muito. Comprei muitos livros teologicos,pois penso que quem quer ensinar precisa aprender primento.

    Sempre admirava os lideres pregando, porém hoje percebo que o negócio mesmo é a moeda, vale tudo quando o assunto é a dita moeda, distorcer os textos sagrados, interpretar segundo sua "cosmo visão" e vendar como verdade, estes são os verdadeiros "Sofistas" do evangelho.

    Dou aula de teologia e por diversas vezes sou questionado sobre isso e confesso que ando cansado destes, "Jonh Tetzel's" de hoje. Até parace que nosso meio precisa de uma reforma.

    O que me faz feliz é encontrar pessoas ainda simples no evangelho.


    Parabens pelo Blog,


    Fábio Beltrame: fabiobeltrame.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. no inicio da igreja a igreja era formada de homens centrados no cristo vivo,quando a igreja foi para a grécia se tornou uma filosofia,indo para roma se tornou uma instituição,indo para a europa se tornou uma cultura chegando na américa se tornou um negócio. vasoutil@GMAIL.COM.BR

    ResponderExcluir
  10. Vaso,

    Muito interessante esse seu pensamento.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  11. Diante do exposto, faço minhas às palavras de João Alexandre:

    "Reconstruindo o que Jesus derrubou, recosturando o véu que a cruz já rasgou. Ressucitando a lei, pisando na graça, negociando com Deus."

    Aprouve à Deus determinar o dia, que com poder e grande Glória, manifestará os desígnios dos corações dos homens, e certamente àqueles que mercadejaram o "evangelho", e fizeram do seu ventre o seu deus, serão surpreendidos pelo Eterno, que à frente deles exigirá explicações e os púnirá severamente.

    Graça e Paz
    Mizael Reis

    ResponderExcluir
  12. Fernando Henrique Cardoso tem razão!
    Quando a pessoa não é produtiva, vai ser professor.
    Esse sujeitinho da voz chorada não deve nem ter assistido ao que o Silas falou.
    Distorceu tudo que ele disse, pegou um trecho da Bíblia e acha que tem base para desenvolver uma crítica factível, aliás, ele nem criticou, ficou fazendo perguntas retóricas.
    Muito ruim.
    Chega a ser amador.

    ResponderExcluir
  13. Meu querido va procurar algo pra fazer voce e pago pra criticar o que as pessoas falem ou deixa de falar? o que vendem ou deixam de vender. nao e com Seu dinheiro que compram as biblias ou qualquer outro material. meu querido pare de se preocupar com a vida alheia. cuide da sua pra nao perdela pois Jesus ta voltando!

    ResponderExcluir
  14. O que fazer não me falta, falta tempo para dar conta de todas as minhas atividades. E não, não sou pago para "criticar o que as pessoas falam". E não critico porque as pessoas estão gastando o meu dinheiro. Logo, minha motivação não é financeira, em nenhum sentido.

    Agora, por que você não aplica o seu conselho a si mesmo? Pois talvez ao invés de vir aqui criticar anonimamente, você pudesse estar procurando coisa mais útil a fazer. Ou seria o caso de alguém estar te pagando para isso? Duvido muito, pois nem eu valho que paguem alguém para me criticar, tampouco acho que quem critica anonimamente mereça qualquer pagamento, por irrisório que seja.

    De qualquer forma, se você é do tipo de pessoas que gosta de ser engabelado por mercadores da fé ao invés contribuir de forma responsável diante de Deus, naquilo que realmente promove a pregação do evangelho, não posso fazer nada, além de lamentar. E claro, postar algumas críticas na esperança de que alguns percebam que estão pagando de otários em vez de serem mordomos dos recursos que Deus lhes deu para administrar. Pena se este não for o seu caso.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  15. Gostaria de perguntar pra vc Leandro Vilela, quem são os sacerdotes e levitas de hoje?

    ResponderExcluir
  16. Perdi alguma coisa? Quem é Leandro Vilela?

    Sacerdotes hoje são todos os crentes, e não um grupo dentro da igreja: "Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz" (1Pe 2:9).

    Já levitas não existem na igreja. Os que se autodenominam assim ou são judaizantes ou são analfabetos bíblicos. As vezes ambos.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  17. Ops,

    Falha nossa. Leandro Vilela é o professor ali do video, rsrs.

    Bem, mas creio que respondi não muito diferente do que ele responderia.

    Clóvis

    ResponderExcluir
  18. se alguem quer apenas pedir coisas que o satisfazem dinheiro por exemplo peça ao genio da lampada se você quer o necessario para contribuir para a volta de jesus peça o a Deus pois isso ele tem pra te dar

    ResponderExcluir

"Se amássemos mais a glória de Deus, se nos importássemos mais com o bem eterno das almas dos homens, não nos recusaríamos a nos engajar em uma controvérsia necessária, quando a verdade do evangelho estivesse em jogo. A ordenança apostólica é clara. Devemos “manter a verdade em amor", não sendo nem desleais no nosso amor, nem sem amor na nossa verdade, mas mantendo os dois em equilíbrio (...) A atividade apropriada aos cristãos professos que discordam uns dos outros não é a de ignorar, nem de esconder, nem mesmo minimizar suas diferenças, mas discuti-las." John Stott

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.